12 de fev de 2012

Paciência!



Para minha doce ciência,
eu peço paciência.


Paciência para esperar,
Paciência para amar,
Paciência para adorar,
Paciência para cantar, 
Paciência, para minha ciência.


Na ciência humana só
encontro uma doce revolta.


Humanos revoltados,
por serem rodeados,
cercados por pecados.


Não há paciência para compreender,
a demora de ser,
alguém nessa vida,
à vencer.
Me der...Paciência!

Nenhum comentário:

Postar um comentário